Silvares – A palavra "silvares" deriva do termo latino - silva, que deu em português silva, silvar (Silvares, plural) em alguns dicionários com o significado “silveiral”.Silvares é uma das povoações mais antigas do concelho do Fundão, que existe desde os primórdios da monarquia portuguesa.Nos contrafortes da serra da estrela e na margem esquerda do rio Zêzere, situada num local conhecido como “Zona do Pinhal”,com cerca de mil fogos ocupa aproximadamente 20,9km. Elevada a vila no dia 21 de Junho de 1995, Silvares é hoje considerada a capital da zona do pinhal. O seu desenvolvimento começou por volta da 2ªGuerra Mundial, beneficiando da intensa exploração do volfrâmio nas vizinhas Minas da Panasqueira. Este importante couto mineiro era então considerado um dos mais ricos jazigos de volfrâmio do mundo e certamente da Europa. Ainda existe ligação ao couto mineiro da Panasqueira, em actividade, sendo o cabeço do pião, um dos pólos mais importantes e um lugar anexo da freguesia de Silvares.
Os gloriosos tempos do volfrâmio tiveram em Silvares reflexos imediatos. A grande mudança notou-se desde logo ao nível das condições:
O tijolo e o cimento substituíram a palha e o barro. A freguesia não parou mais de crescer atingindo nos nossos dias um nível de desenvolvimento bastante
acentuado que resultou na sua elevação a vila. Uma vila que apresenta uma economia florescente, um bom e diversificado leque de equipamentos e, entre todas as freguesias do concelho, é uma das que tem um maior número de instituições sócio culturais.